Follow by Email

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

É NATAL

O que dizer no natal?

Fiquei pensando em que dizer no natal aos meus amigos...”Feliz Natal pra vc e sua família!”
Estranho mas eu não tive muita vontade de escrever esta frase e sair mandando emails a todos da linha lista... Pensei: O que quero dizer com ela?

Almoçando no shopping hoje observei a decoração: zebras, leões, tigres, girafas pendurados na árvore de natal. Fiquei sem entender o que tinha a ver, não me inspirava a pensar no Natal. Lembrava mais um safári na África, que, aliás, deve ser bem bacana. E o que dizer daquela multidão trombando uns nos outros com sacolas e mais sacolas de presentes...fiquei cansada só de  olhar e pensando: pra que tudo isso?  Mas esta reflexão também não é nenhuma novidade.

Ocorreu-me então que vejo o natal hoje como um dia normal, com uma reunião, geralmente familiar, onde se trocam presentes, se faz uma árvore enfeitada, mas que a mim não remete a uma data especial,  ainda que seja uma data relevante para nós Cristãos.  Onde isso se perdeu pra mim, não sei ao certo.  Talvez por mais que tentamos dar um sentindo diferente pra estas celebrações vivemos num meio onde o tempo todo nossa mente é direcionada para outros focos de atenção.

Estou aqui pensando que muitos irão achar que eu pirei mesmo e onde eu vou chegar com toda essa conversa...

A  mensagem que eu queria dar aos meus amigos não é “ o sentido do Natal se perdeu”  ou “ o natal é puro comércio”...Nada disso!

Mas o que eu desejo a cada um de vocês neste final de 2011 e também como votos de um Feliz Ano Novo são  momentos que gerem profundas mudanças na alma, no coração, nos seus relacionamentos com o outro e com o Pai. O Pai...Pai daquele Filho cujo o aniversário é comemorado  no próximo dia 25...

Pra mim hoje isso é Natal. A nossa comunhão, relação diária com o Filho...Filho daquele Pai...

Acho que meu natal, diferentemente dos anos anteriores, foi vivido durante todo o ano de 2011. Mas eu só percebi isso hoje, quando parei pra refletir no que escrever. Não, não  ganhei nenhum presente diferente, especial, aliás, verdade que  vários desejos e sonhos foram frustrados e não se realizaram, chorei  muitas vezes, senti em certos momentos que deveria guardar minhas angústias porque não havia quem pudesse entendê-las... mas percebi algo durante todo este ano que não percebia nos demais e que talvez não seja novidade pra você: Deus era presente todos os dias, em todos os momentos,ainda que em silêncio, ouvindo pacientemente todo meu despejar de palavras e mais palavras... Ele era presente e eu sabia que Ele estava lá, grandiosamente presente, poderosamente em silêncio, absoluto, soberano, lá.

Acho que foi um dos anos que tive mudanças mais perceptíveis a mim mesma do meu relacionamento com o Pai.  Aonde Ele me corrigiu, me disciplinou, me calou, me freou, mas me amou.Aliás  Ele sempre fez isso tudo por que me amou, só que eu não entendia.

Eu o vejo como Aquele que realiza em nós mudanças. Mudanças que por vezes acreditamos ser impossíveis de acontecer,  ou que não temos força, nem coragem e nem vontade deixá-las acontecer e muitas vezes que nem sequer percebemos  que precisam acontecer, mas que quando ocorrem nos tornam mais parecidos com aquilo que Ele nos criou para ser. Desejo então que Ele deseje, provoque e  realize, todas as mudanças pelas quais precisamos passar para que possamos ser filhos. Filhos mais parecidos com aquele Filho...cujo aniversário é comemorado no próximo dia 25....

Deus nos mude hoje e sempre, amém.

Abraços a cada um.

2 comentários:

  1. Oi Fabiana, que legal ver que vc decidiu abrir um blog. Oficialmente, sou o primeiro seguidor, e espero vir muitas vez aqui, pra ler o que vc postou. Abraços. Joao Helder

    ResponderExcluir
  2. Oi João! pelo menos um \o/ !!! pois é, de vez em quando eu escrevo umas reflexões sobre a vida cotidiana e quis abrir o blog pra compartilhar. valeu pela visita..abraços.

    ResponderExcluir