Follow by Email

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

LIBERDADE, LIBERDADE ABRE AS ASAS SOBRE NÓS!

Depois de 03 dias de cobertura por parte dos jornais de mais um julgamento que foi foco da atenção de milhares de pessoas, Lindemberg Alves Fernandes de 25 anos foi condenado a 98 anos e 10 meses de prisão, pela morte de Eloá Pimentel.

Sempre imaginei que uma das piores coisas para um ser humano seria passar anos trancado em uma prisão, sem poder sair, caminhar pelas ruas, ir a casa de amigos, ter simplesmente liberdade de ir e vir.

Esta certeza ficou mais forte ao assistir ao filme "Carandiru". Mas mais impressionada ainda fiquei ao visitar dois presídios aqui em Recife.

Um deles foi um presídio feminino, que tem ações sociais bem interessantes  com as detentas que lá se encontram.
Mas creio que nada, nada pode subustituir nossa liberdade de simplesmente sair à rua.

Quando ouvi que Lindemberg foi condenado e que provavelmente ficará  os próximos 30 anos preso eu tentei imaginar o que se passa na cabeça de uma pessoa neste momento.
Não sei se ele é psicopata, se é frio e calculista, se é indiferente, louco, apenas sei que ele é gente.

Sendo gente me coloquei no lugar e tentei perceber o que é você saber que passará a maior parte de sua vida preso, privado de um futebol com os amigos, um cinema com a namorada, um jantar em família...
Como buscar sentido pra vida a partir de uma sentença dessas.

Não estou dizendo que ele não deveria ter sido condenado. Infelizmente ele matou  e talvez não tenha controle emocional ou simplesmente condições pra viver em sociedade.

Estou simplesmente analisando o que é perceber que a partir de um determinado dia você tem seu direito de ir e vir, sua liberdade confiscada pelos próximos 30 anos.

Confesso que pra mim é muito triste ver a vida de "Lindembergs" seguindo nessa direção.
É muito triste ver que nascemos com uma vida inteira pela frente pra ser construída e muitas vezes o caminho a ser seguido nos leva a prisões.

Me ocorre que nem sempre a prisão é física, uma limitação de ir e vir. Mas muitas prisões estão dentro da gente. Prisões da nossa alma e nem sempre nos percebemos presos.

Lembro de um texto em que Jesus chega numa cidade e há um endemoniado, que vivia como um louco entre sepulcros. Os moradores daquela cidade tentavam prendê-lo com cadeias e grilhões, porque na verdade não podiam fazer o contrário, libertá-lo.

Mas Jesus foi lá e libertou este homem. O homem permaneceu com sua alma presa, somente até Jesus ir lá. Jesus era o único que podia libertá-lo e assim o fez.

Talvez Lindemberg passe mesmo os próximos 30 anos de sua vida privado da liberdade de ir e vir, mas desejo que sua alma possa ser liberta, na liberdade que só Jesus pode dá-lo. Ainda que preso possa encontrar a salvação que todos precisamos e temos em Jesus.

Que bom que eu e você não temos privada nossa liberdade de ir e vir, mas se sua alma se encontra presa de alguma forma saiba que esta prisão dura somente até Jesus chegar. E ele está vindo encontrar-se comigo e com você. Que possamos desfrutar da liberdade que Ele tem a nos oferecer.


Abraços,


Nenhum comentário:

Postar um comentário